Roteiros Turísticos

Vamos passear pelo Brasil com Márcio Hallack

Por Murilo Antunes

Em 7 de maio de 2018

 

A chamada MPB vem vivendo aos trancos e barrancos. Depois de fincar nossa identidade no cenário nacional, durante os anos 60 e 70 e começo dos 80, sofreu um baque, talvez irreversível, com o advento das musicas de divertimento, de bundinha pra lá e pra cá, de menosprezo à poesia musical.

Mas existe um rio subterrâneo na própria MPB que continua a fluir e a nos dar alegria. Assim é o novo CD de Marcio Hallack, “Aquelas Canções”, que reúne um time espetacular de músicos para nos dar de presente o samba, a bossa, a toada, a musica sem nome, o quase-jazz.

Este disco é um louvor à musica brasileira de qualidade. Hallack convocou músicos, intérpretes e parceiros de primeira. Imagine um disco com Robertinho Silva, Nivaldo Ornelas, Yuri Popoff, Toninho Horta, Victor Bertrami, Ney Conceição, cantado por Moacir Luz, Carla Villar, Fernanda Cunha e o próprio Marcio Hallack. Imagine músicos de primeiríssima qualidade trazendo o clima de quem viajou pelas noites brasileiras a levar o som acolhedor, gingueiro, balançado, que faz a fama do nossa musica pelo mundo afora.

Vem nessa que é boa. Além dos músicos citados, é preciso acentuar as craquezas de Sérgio de Jesus, José Arimatéia, Ricardo Serpa, Rômulo Duarte e Lena Horta.

Posso dizer da minha honra em ter quatro parcerias neste disco. Isso é o mínimo que faria para a grandeza das composições, performances, arranjos e astrais de Marcio Hallack.

O Brasil agradece AQUELAS CANÇÕES de Marcio Hallack.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *