Histórias

Os ‘meninos’ da capa do disco Clube da Esquina

capa clube da esquina

Por Komunic Comunicação  Integrada

Em 02 de julho de 2018

A história por trás da capa do disco Clube da Esquina

clube da esquina capa

Em matéria comemorando os 40 anos do movimento Clube da Esquina, em 2012, os jornalistas de cultura do jornal Estado de Minas descobriram quem são os ‘meninos’ da capa do primeiro disco do movimento, denominado de Clube da Esquina (1971).

O autor da imagem, Cafi, clicou os garotos a caminho da fazenda da família de um dos letristas do grupo, Ronaldo Bastos, em 1971. A dupla foi para a região serrana do Rio de Janeiro e conversou com mais de 50 moradores da região até chegar a uma mulher que identificou prontamente os meninos.

Durante muito tempo, várias pessoas acreditavam que os meninos da capa fossem Lô Borges e Bituca. Mas não… eles se chamam José Antônio Rimes e Antônio Carlos Rosa de Oliveira, ou melhor: Tonho e Cacau.

Os garotos da capa

José Antônio Rimes, o Tonho, é repositor, responsável por encaixotar, organizar e distribuir as mercadorias na seção de congelados de um supermercado local. Ele relembrou que estava brincando em um morro de terra removida por tratores próximo a um campo de futebol quando Cafi (o fotógrafo) e Ronaldo Bastos passaram dentro de um fusca. “Alguém dentro do carro me gritou e eu sorri. Estava comendo um pedaço de pão que alguém tinha me dado porque eu estava morrendo de fome e para variar descalço. Até hoje não gosto muito de usar sapato. Mas nunca soube que estava na capa de um disco. A minha mãe vai ficar até emocionada. A gente nunca teve foto de quando era menino”, disse Tonho que, até então, nunca tinha ouvido falar em Milton Nascimento ou em Clube da Esquina.

Já Cacau, que trabalha como jardineiro e pintor, não se lembra exatamente do dia em que a foto foi tirada, mas se deparou com a capa anos depois, em Macaé, no litoral do estado do Rio, e desconfiou que fosse ele na foto. “Coloquei a minha mão sobre a foto e fiquei reparando aquele olhar. Achei que era eu mesmo e acabei comprando o CD porque não tinha mais LP na época.”

Os meninos nasceram na fazenda da família Mendes de Moraes na zona rural de Nova Friburgo, local em que os pais trabalhavam como lavradores. Eles viviam juntos e aprontavam bastante: jogavam futebol, bola de grude, pegavam frutas na cidade, nadavam na prainha do Rio Grande e nas cachoeiras. Quando as famílias se mudaram para lugares distantes, quando tinham cerca de 20 anos, acabaram se afastando.

Eles toparam reviver a foto clássica da capa do disco do Clube da Esquina. Não foi fácil localizar o lugar exato em que foi tirada por causa do tempo e de desastres como enchente, mas a reprodução tentou ser o mais fiel possível.

Bem legal, não é?!

 

*Por Jéssica Torres, Komunic Comunicação Integrada

Posts Relacionados

2 thoughts on "Os ‘meninos’ da capa do disco Clube da Esquina"

  1. Rossani Carvalho disse:

    Adorei a história!

    1. maria eugenia natividade disse:

      sensacional, me emocionei demais!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *